É Preciso Ficcionar…

É preciso ficcionar
o som
das expressões,
o ruído
e a melodia
do dito
e do silêncio,
o eco
e o diapasão
das intelecções
emergentes.

É preciso ficcionar
o colorido
dos fenômenos,
apreciando
as proporções,
mensurando
as dimensões,
os aspectos,
os realces
perspectivos
das ações
observadas.

É preciso ficcionar
o toque
dos eventos,
o impacto
das incidências,
o contato
entre ocorrências,
proximidades
episódicas,
incidentes
e acidentes,
tateados.

É preciso ficcionar
o aroma
dos movimentos,
a fragrância
das dinâmicas,
em seus eflúvios
energéticos,
no fluxo
ininterrupto,
de inebriantes
mudanças,
ainda que
randomizadas.

-É preciso ficcionar
o sabor
das interações,
degustando
as relações,
apreciando
o paladar
das associações
insólitas,
o gosto
dos nexos,
e insights
imagináveis.

É preciso ficcionar
o percebido
sendo repercebido
pela intuição
mais analítica
e sintética,
física e
mentalmente
engendrada.

É preciso ficcionar
emocional,
racional,
simbólica,
sinestésica,
temporal,
espacial,
multidimensional,
gestáltica,
holística,
fenomenologicamente…

©altersperpia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: