É Preciso Ficcionar…

É Preciso Ficcionar

É preciso ficcionar o som das expressões, o ruído e a melodia do dito e do silêncio, o eco e o diapasão das intelecções repercutidas.

É preciso ficcionar o colorido dos fenômenos, apreciando as proporções, mensurando as dimensões, os aspectos, os realces perspectivos das ações emergentes.

É preciso ficcionar o toque dos eventos, o impacto das incidências, o contato entre ocorrências, proximidades episódicas, incidentes e acidentes, tateados.

[…]

©altersperpia